terça-feira, 26 de julho de 2011

No meio da primavera...







Se colocou em pé.
O sol brilhava em seus olhos e os raios se confundiam com sua íris.
A brisa do inverno acarinhava seu rosto.
Sentiu um arrepio percorrendo seus braços.Se envolveu num abraço aquecendo seu coração num amor-próprio que finalmente havia conhecido...
Sorriu com alguns traços de sua maturidade e reconheceu o domínio do senhor da razão.
É,o tempo conduziu com mão forte e segura o destino dos seus dias.
Disse em silêncio ao seu interior:_não existe uma idade para deixar de sonhar...
E sonhou acordada.
Abrindo as janelas viu seu jardim através dos olhos de sua alma.
E pensar que dia desses seus ramos estavam quase secos...
Mas a vida com surpresa resgatou o seu colorido .
Bastou apenas que o aroma da esperança regasse com carinho e amor o jardim da sua vida.Foi ela,a esperança, que trouxe vida nova para o seu jardim.Agora estava coberto de flores.
Era inverno...
Mas seus desejos  ocultos afloravam dia a dia como as pétalas de um botão no meio da primavera.

13 comentários:

  1. "Bastou apenas que o aroma da esperança regasse com carinho e amor o jardim da sua vida"
    Ahh,que seriamos sem essa sementinha da esperança brotando a cada dia em nós né?
    Lindíssimo,Querida Van!
    Um beijo e um dia lindo pra ti!
    Ps: você tem uma borboleta nas costas? que coincidencia eu tenho também! rs

    ResponderExcluir
  2. Hoje passei a manhã sob a sombra de uma árvore, na beira do rio, pegando vento na cara. Em seguida, leio teu texto. Tudo haver.

    Bjs!

    ResponderExcluir
  3. Quem se limita por causa da idade, nunca conhecerá o paraíso de mentes que nunca envelhecem.

    Uma linda semana, Vanessa!

    ResponderExcluir
  4. Ah! Lindo, lindo...
    Que vontade que chegue logo a primavera...
    Beijos, ótima tarde

    ResponderExcluir
  5. Os melhores sonhos são aqueles que estamos bem acordadas!

    Lindo Van!

    Beijos
    Amo seus comentários!

    ResponderExcluir
  6. Que maravilha passar aqui e ler um texto tão leve, tão bonito desses!

    Beijoooo Vanessa! Te acho uma querida!

    ResponderExcluir
  7. Van, aqui é verão e mais tá parecendo inverno... snif.

    ResponderExcluir
  8. Oi Vane!!!!!!

    Achei fantástica toda a conexao que vc fez ao colocar aqui, amor, esperanca, o poder dos sonhos e desejos, transformar inverno em primavera na sensacao, mesmo que seja somente (ou absolutamente) pelo aroma de uma esperanca: Uma possibilidade!!! (é ela, a esperanca, que nos permite sonhar, nao??) E pra sonhar nao há idade, basta acreditar!!!! Achei lindao!!!!!!!

    Vane, esqueci de assinar o feed da ultima vez que estive aqui, por isso nao recebi as atualizacoes (nem poderia, é claro, hahaha), problemita corrigido!!!!!!!

    Beijao grandeeee proce!!!!

    ResponderExcluir
  9. Vanessa...adorei teu comentário.É,andei precisando de certo silêncio sabe?Coisas do core.Mas toh de volta,graças a Deus!

    Menina,que texto gostoso de se ler.Sabe que o melhor encontro de nossas vidas,é com nosso amor própio né?Vc me fez refletir aqui...pensar nessa esperança.Ah,tão lindo!

    Um beijo!

    ResponderExcluir
  10. Que lindeza Vanessa.
    Nessa estação brotada de amor, tua poesia ganhou a nobreza merecida.
    Amei é lindo este poema.
    *
    Beijinho e tenha um lindo dia amada.

    ResponderExcluir
  11. Ahhh, a esperança!
    O que seríamos sem ela?!
    Feliz aquele que consegue cultivá-la, sempre...
    Não perder a esperança traz coisas maravilhosas pra nossa vida, e permite que ela nos surpreenda!

    Adorei o texto!
    Beijos, beijos no coração! *;

    ResponderExcluir
  12. Que lindo!
    Ameei!
    Que paz interior ao ler!
    Saudades daqui minha amiga!
    Passando para lhe desejar um bom domingo!
    Beijos meus

    ResponderExcluir
  13. Que lindos e doces desejos da primavera!

    Adorei, querida...

    Beijos!

    ResponderExcluir

Queridos...Bom demais ter vocês aqui.Iluminam ,enriquecem e aquecem meu coração.