sexta-feira, 15 de fevereiro de 2013

Sobre a imaginação...







O amor é (des)ilusão cultivada por todo aquele que espera ver o sentimento virar realidade...




Quando a gente ama imagina diálogos.Varre as desilusões para debaixo do tapete e enfeita a palavra com flores só para ver poesia naquela folha em branco do amor não correspondido.
Quando a gente ama imagina (re)começos como se o ponto final fosse ponto de partida de uma mesma história mas com um novo enredo.
Quando a gente ama imagina possibilidades em todos os instantes e espera por eles com o coração aflito sentindo os segundos como quem sente a eternidade .
Quando a gente ama imagina ver ,em todo lugar, aquilo que não se enxerga,aquilo que não se toca e não se mede.
Porque quando amamos, a gente imagina e sente...


                                                                                             Vanessa Cony

*******************************************************************************

13 comentários:

  1. Quando amamos enxergamos cores onde não existem, sentimos uma leveza, que até saibamos que não é tão leve assim, mas fechamos os olhos, pelo bem que nos faz...
    Não sou boa em d(escrever), prefiro sentir.


    Beijo meu, te amo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também prefiro sentir...Mas dizer é só uma tentativa para alcançar aquilo que talvez não tenha mesmo explicação.
      beijo minha Linda Rosa.

      Excluir
  2. Amei isso!

    Quando a gente ama sente o outro pertinho mesmo quando ele tá distante. É completude.

    Lindo isso!

    Quando a gente ama vem aqui te ler, Vanessa...
    E saímos com mais amor ainda.

    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Marília...Quanta saudade,né?
      Sair com mais amor.Adorei isso!
      Um grande beijo no <3.

      Excluir
  3. Exatamente assim como descreveste!
    Lindo, adorei.
    Bj

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou,Ana!
      Tenho publicado pouco,mas venha sempre,tá?

      Excluir
  4. Amar, se mal conjugados, faz-nos cego. Se bem, pacientes, tolerantes, compreensivos. Mas nesta conjugação os excessos devem ser retirados para que as decisões sejam as mais sábias possíveis.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ronperlim,obrigada pelo carinho da sua visita!

      Excluir
  5. Olá.

    Sim... quando a gente Ama, tece mil Sonhos e fantasias... viaja ao sabor deste sentimento.

    Parabéns pelo belíssimo texto e uma boa tarde.

    ;D

    ResponderExcluir
  6. Lindo.
    Amar é sentir. Sentir vivo. Sentir valorizado por si e pelo outro. Amar é plenitude do sentir.]

    Amei o texto que lindo,
    Obrigado por compartilha-lo

    ResponderExcluir
  7. Vanessa

    Perfeito, quando amamos imaginamos diálogos, sempre sempre.
    É uma forma de pensar no nosso amado e prolongar a companhia
    O coração sonha e aguarda aflito e encantado o próximo encontro

    Bjs

    Marilac

    ResponderExcluir

Queridos...Bom demais ter vocês aqui.Iluminam ,enriquecem e aquecem meu coração.