terça-feira, 23 de agosto de 2011

Mar de letras








Mergulhei num mar de letras
E entre vogais e consoantes descobri um abecedário de sentimentos.
E nesse mar,com olhos fechados,toquei num jardim submerso.
Flores diversas e significados múltiplos.
Foi então que percebi
Nem todo o mar é feito de rosas...
Meu coração derramou algumas lágrimas.

Nem todas as palavras lançadas são como a semente boa que germina e dá bons frutos.
Algumas podem ser como as ervas daninhas,capazes de destruir aquilo que um dia seria colhido com carinho.

Há de se ter um recipiente cheio de amor...
Para recolher todas as lágrimas
Transformar o sal em doce
Para regar palavra bonita
Para retirar todos os espinhos e deixar a pétala abrir
Só para recolher o Sol
E encontrar no mar de letras
Aquelas tantas palavras para beijar o coração.

21 comentários:

  1. Temos que saber "peneirar" e ficar com as coisas boas que a vida nos dá"! Lindo! beijos,chica

    ResponderExcluir
  2. .


    Cale o teu ouvido, emudeça a minha boca.
    Tire dos meus teus olhos e não saberás o
    quanto eu sofro por não ser ouvido e o
    quão triste por ficar mudo eu me tornarei.
    Esqueças do meu nome. Tire da parede da
    tua alma o meu sorriso e eu, como o meu
    retrato, empoeirado, quiçá quebrado em
    mil pedaços, amarelado ficarei...

    silvioafonso







    .

    ResponderExcluir
  3. As palavras são muito impactantes. Quando lançadas não mais retornam. Temos que ter cuidado ao pronunciá-las para não nos arrependermos depois.
    Gostei muito do teu texto, Vanessa.
    Bju grande!!!

    ResponderExcluir
  4. Palavra é arma que fere ou bálsamo que cura. Depende de nós que uso dar a elas.

    Adorei sua visitinha, estava morrendo de saudades.

    Beijinho, Vanessa!

    ResponderExcluir
  5. A vida é pura magia, beijo Lisette.

    ResponderExcluir
  6. Lindas palavras de esperanca e otimismo, amiga!! Isso sim que é reflexionar, através do poder das palavras!!!

    Desculpa a "sumidinha" viu! Ando de viagens em viagens, e trabalhando no meu terceiro livro... Espero me desenrolar até final do ano...

    Beijo grande e bom final de semana!!

    ResponderExcluir
  7. Olá.
    Belíssimo!
    Neste mar, muitos se perdem, muitos se salvam.
    Bom dia!

    :D

    ResponderExcluir
  8. Olá!
    Maravilhoso
    Este é um mar inevitável, nao é mesmo?

    ResponderExcluir
  9. Você consegue muito bem juntar as consoantes com as vogais e formar lindas palavras que tocam o coração. Beijinhos e um ótimo fim de semana.

    ResponderExcluir
  10. No mar da inspiração letras surgem em movimentos traduzidos por ondas palavras vindas de encontro à praia mansa de ventania boa.
    Cadinho RoCo

    ResponderExcluir
  11. Sentimentos profundos....:)

    Adorei o blog.

    Boa Noite...

    ResponderExcluir
  12. Tem alegria e tem aspereza, tem beleza e tem brutalidade, tem cor e tem cisma...

    É a vida, enfim.

    Um beijo, Vanessa. E obrigada pela visita, seja muito bem-vinda, viu?

    ;)

    ResponderExcluir
  13. Vanessa,

    Nas tuas letras navego
    nelas me perco
    nelas naufrago
    nelas me afundo... com prazer!


    Beijosss,
    AL

    ResponderExcluir
  14. O perigo do mar de letras é se afogar em palavras...
    ou, se do tudo a dizer, nada!
    Mas como diz o poeta, navegar é preciso!
    (ainda que impreciso, diz o outro:
    http://mesdre.blogspot.com/2010/02/pau-velho.html)

    ResponderExcluir
  15. Palavras que beijam o coração. Que lindo isso! *-*

    Obrigada pela visita e palavras, Vanessa.
    Um beijo!

    ResponderExcluir
  16. Minha querida

    passei para agradecer a visita e deixar um beijinho e deparei com um poema cheio de sensibilidade, adorei e voltarei.

    Rosa

    ResponderExcluir
  17. É preciso dosar, mas nunca extinguir. Basta tranquilizar o coração, mas nunca emudecê-lo. Isto faz com que a vida balanceie os desejos. As palavras que oram se atropelam se arrumam. E nelas somos capazes de encontrar a poesia para caracterizar o que sentimos. Na totalidade.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  18. Olá,

    Vim agradecer a visita e conhecer o seu espaço.

    Muito bom seu texto. Mar de letras, mar de palavras...

    Palavras sempre presentes, sempre ditando os nossos mais profundos sentimentos.

    Obrigada pelas suas belas palavras a meu respeito.

    Seja sempre bem-vinda ao palavras.

    Hoje, pela primeira vez, postei algo sobre mim, para que, aqueles que me lêem, possam me conhecer um pouco mais.

    Um grande abraço

    Leila Rodrigues

    ResponderExcluir
  19. entre palavras bonitas, e mal ditas, entre o bem e o mal, entre o sentir e o sofrer , aprendemos a levar a vida...

    ResponderExcluir
  20. Passei porque estava com saudades destes olhos verdes iluminando meu garimpo...

    Vi aquela fotinha perdida nos meus comentários e meu deu saudade...

    Um beijo, menina..

    ResponderExcluir
  21. Passando para te ler e ja convidando para
    ir ler um poeta de seu gosto
    que posta nesse espaço que
    represento em nome dele.
    Passe la, ele posta as segunda e tem um selo do blog pra trazer pra casa,
    caso deseje.
    Bela semana.

    ResponderExcluir

Queridos...Bom demais ter vocês aqui.Iluminam ,enriquecem e aquecem meu coração.