quinta-feira, 26 de janeiro de 2012

Semente

E Ele lançou bem do alto a semente.Semente da amor,de uma vida que seria inteira pela frente...
A semente voou como  pipa sem linha ao sabor do vento,sem rumo mas com destino certo- encontraria solo fértil e iria florescer.
Sem controle sobre o tempo mas com uma única certeza- a vida.
E depois veio voando devagarzinho para encontrar seu caminho.
E eu, que já esperava a tanto tempo, vi a esperança longe ,bem longe .É que minha miopia exagerada misturada com o frescor da minha meninice desviava os olhos da fé e não enxergava todo o seu tamanho.
Mas quando a fé começou a agigantar dentro do meu peito a esperança cresceu e aconteceu junto com a minha maturidade.Foi então que percebi a semente tocando suavemente meu chão.Nada mesmo foi em vão ,aquelas lágrimas derramadas nesse tempo de espera prepararam minha terra,a angústia daqueles dias que agitaram minhas mãos afofaram o meu chão.E a semente se aninhou...
Hoje é uma questão de tempo,vou colher vida!



18 comentários:

  1. Nossa Vanessa que lindo...

    adorei

    Tenha um bom dia
    Debby :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou.Escrevo o que sinto quem sabe assim as palavras consigam alcançar tudo o que carrego no peito?
      Beijp grande.

      Excluir
  2. Sim... esse é o nosso destino! Colher a vida, amá-la, desfrutar todos os deliciosos momentos que ela tem para nos dar...


    Beijos!
    AL

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Querido Albino...Amo quando vem deixar aqui um pouquinho de você.Assim eu cresço e aprendo.Beijo no teu coração e obrigada pelo carinho.

      Excluir
  3. Colher bons frutos da vida, eis uam coisa boa! :)

    Que lindo aqui, Vanessa!
    Uma paz!

    Besos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Legal você ter falado de paz...Muitos dizem que minha tranquilidade pessoal traz paz.É,talvez carregue comigo essa tranquilidade e as passe para minhas próprias palavras.Beijo Lindinha.

      Excluir
  4. boa tarde!

    belíssimo!

    boa colheita!

    um abraço:

    PS:amei seu blog!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amou meu blog? Que delícia! Vou colher sim!
      Um beijo no teu coração.

      Excluir
  5. 'Hoje é uma questão de tempo,vou colher vida!'

    E é o que precisamos, de vida, não só de amor, precisamos de motivos pra sorrir, de momentos eternos, e que palavras, sejam muito mais que palavras, se tornem atitudes felizes.

    Vannnn! Te adoro.

    Beijão

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E eu?Te adoro muito também.E é isso.Jogamos as sementes e esperamos o tempo certo da colheita.Eu vou colher! Vamos?

      Excluir
  6. Oi Vanessa,

    Tudo no seu devido tempo! Hora de semear, hora de se deixar quebrar, hora de fecundar e finalmente hora de colher.

    Bjs flor

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu sou prova viva disso...Hora de semear,hora de fecundar e colher.Por um tempo achei que isso não iria mais acontecer..Mas DEUS sempre surpreende.Beijo grande.

      Excluir
  7. Olá.

    Nossa... uma Poesia belíssima de celebração à vida.
    Meus parabéns... gostei muito.

    Bom dia.

    ;D

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você é sempre bem vindo! Que bom que gostou.
      Um abraço!

      Excluir
  8. Meu Deus, esplêndido meu bem!
    O fato é que precisamos mesmo é esperar, mas humanamente somos ansiosos demais, eu quem o dia. Esse seu texto me inspirou em outro, vou posta especialmente pra vc depois.
    Um beijo!
    Fer.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E não é que inspirou mesmo? Fui lá e amei também.Beijo florzinha.

      Excluir
  9. A espera refina nossa sensibilidade para um grande finalle...

    ResponderExcluir
  10. Quando na terra fértil do coração é plantado Amor, há frutos de sorrisos aguardando o tempo oportuno da colheita. E milagre da vida segue adornando o interior!

    ResponderExcluir

Queridos...Bom demais ter vocês aqui.Iluminam ,enriquecem e aquecem meu coração.