sábado, 30 de outubro de 2010

Saudades de um tempo que não volta mais.
Hoje visitei minha vózinha.Aquele corpinho quase inerte esboçou um sorriso ao ouvir meu nome.Meu coração já cheio de saudades se encheu de alegria...Ela também deve ter saudade...
Olho para ontem e vejo muitas coisas, mas sei que muito se perdeu junto com o tempo.Muito vivi ao lado dela e aprendi muito.Carrego comigo vícios do seu convívio e me encho de orgulho quando em algum momento digo:aprendi com minha avó.
A vida é assim...Toma rumos,percorre novos caminhos mas nossos pés se lembram das estradas antigas e meus passos não vacilam mais quando reconheço os obstáculos.Ela me ensinou muito.
Hoje já não estou tão ao seu lado.Estou apenas do lado de dentro,assim como ela está dentro de mim.Guardo comigo seu carinho e tudo que representa.Como posso esquecer se hoje parte de mim tem um pouco dela?
Queria poder lhe falar muito,mas hoje pouco lhe disse.Sei que seu tempo está chegando e sei que isso não será o fim.
Peço a Deus com carinho que continue cuidando dela...
Ela me ensinou que pessoas são importantes e que na vida nem sempre é preciso estar sentada em uma cadeira acadêmica para aprender,que a vida por si só já é uma grande escola.
Que saudades de um tempo que não volta mais...
Que saudades...

4 comentários:

  1. Oi, querida, obrigada pelas visitas!
    E sobre seu texto eu me lembrei de algo muito verdadeiro: "saudade até que é bom, é melhor que caminhar vazio". Beijão.

    ResponderExcluir
  2. Filha!!!!!Hoje,diante de algo tão lindo que vc escreveu só me resta dizer que tudo que sinto nesse momento são os mesmos sentimentos,parece que tudo isso estava guardado dentro de mim,mas não sabia como colocar pra fora.Que Deus a guarde sempre em nossos corações,quantas risadas,quantos conselhos,quantos ditos populares ela nos ensinou né?Tenho tantos na minha memória...Saudades daqueles tempos.Nays

    ResponderExcluir
  3. Vó é tudo de bom. E o lado preferido delas é mesmo o lado de dentro. :)

    ResponderExcluir
  4. vó ai que saudades
    morro de saudades das minhas avos (paterna e materna)uma me colocava no colo todos os dias antes de me deitar na cama, e a outra ficava sentada nas escadas do quintal me vendo brincar...
    com certeza estes tempos ja não vão voltar, mas é muito bom ter saudades do que nada ter...
    amava de mais minhas avos....

    ResponderExcluir

Queridos...Bom demais ter vocês aqui.Iluminam ,enriquecem e aquecem meu coração.